AREADO

VENHA CONHECER O LAGO DE FURNAS

Encantadora, Areado irá fazer você voltar!

História
Origens

A história de Areado teve início no dia 25 de abril de 1823, quando foi fundado o nascente povoado pelo Guarda-Mor José da Cunha Bastos e seus companheiros Antônio dos Reis Rosa e João Marques de Araújo, que doaram cerca de quinhentos hectares de terra, que passou a constituir o patrimônio inicial do povoado. Em plena mata densa foi aberta uma clareira, onde foi construída uma capela dedicada a São Sebastião, que viria a se tornar o primeiro marco inicial da futura cidade, que viria a se chamar Areado. A agricultura foi a atividade que serviu como elemento fixador dos recém-chegados àquele solo, que concomitantemente a derrubada da mata, passaram a desenvolve-lo. Inicialmente tentou-se a cultura do trigo e do centeio. Porém foi obtido êxito considerável no cultivo da cana-de-açúcar, do fumo e do algodão. A pecuária passou a ser também desenvolvida, mas como atividade auxiliar e secundária. As primeiras casas que foram construídas de pau-a-pique, sendo posteriormente substituídas pelas de Adobo. A atividade Artesanal surgiu mediante a necessidade de utensílios, vestimentas, fiação em roca, tecelagem manual, manufatura de couro e cerâmica.
A primeira missa foi rezada pelo padre Venâncio José Siqueira, no dia 25 de abril de 1823, ficando essa data registrada como a fundação do povoado, conhecido na época como Povoado de São Sebastião do Areado. Em 1859, D. Antonio de Melo, Bispo de São Paulo, elevou a capela à categoria de curato, sendo canonicamente promovida apenas 12 anos depois, em 1871. Em 1870 eram calculados 700 habitantes na localidade. Ainda no ano de 1871 ano, o curato passou a categoria de freguesia (equivalente da época a distrito), pertencente ao município de Alfenas, através da Lei Provincial n° 1788 de 22 de setembro de 1871.

Durante o Período em que foi Freguesia, destacou-se a figura de Padre Antônio Mariano Pimentel, seu vigário e principal responsável pelo desenvolvimento verificado no povoado. Após a Proclamação da República e a separação da Igreja e do Estado, a antiga Freguesia ficou pertencendo como distrito de paz ao município de Alfenas.

Economia
Areado, pela sua situação geográfica privilegiada, pelo seu clima temperado, por suas terras férteis, pela Represa do Lago de Furnas que circunda quase que a totalidade de suas linhas limítrofes e por muitos outros fatores que o beneficia, acha-se pelo desenvolvimento sócio-econômico:

Na agricultura: destacando-se o café e cana-de-açúcar.
Na pecuária: destacando-se o gado bovino, o leiteiro e o de corte.
Na psicultura: destaca-se a criação de alevinos, a engorda e o comércio de peixes.
Na suinocultura: destaca-se a criação e engorda de suínos.
Na avicultura: destaca-se a criação e engorda de aves.
Na indústria: destacam-se as micro-empresas, com alta produção, sendo: olarias, serralherias, artesanato de couro, tecidos, tecelagens, fabricação de roupas, etc.
No comércio: materiais de construção, gêneros alimentícios (supermercados e armazéns), combustíveis, auto-peças, bebidas (distribuidor e varejista), padarias, papelarias, móveis e eletro-domésticos, casa de carnes, confecções (malharia), tecelagens, etc.
No setor de prestação de serviços.

PIB do município de Areado.
Em 2015, o município de Areado produziu 4.032 toneladas de café e 149.136 toneladas de cana-de-açúcar. Além de ter produzido 132 toneladas de feijão e 8.960 toneladas de milho.
No Produto Interno Bruto (PIB) de Areado, destacam-se a agropecuária, associada ao agronegócio, e a área de prestação de serviços. De acordo com dados do IBGE, relativos a 2013, o PIB do município era de R$ 124 982. Entre 2000 e 2010, a taxa de atividade da população de 18 anos ou mais (ou seja, o percentual dessa população que era economicamente ativa) passou de 65,25% em 2000 para 67,08% em 2010. Ao mesmo tempo, sua taxa de desocupação (ou seja, o percentual da população economicamente ativa que estava desocupada) passou de 4,39% em 2000 para 3,96% em 2010.

Cultura
A Secretaria de Turismo e Cultura de Areado é o órgão de assessoramento ao Prefeito no planejamento, execução, coordenação e controle de suas atividades no âmbito do Município, competindo-lhe executar os serviços e dirigir as unidades de cultura, promover eventos e atividades culturais e turísticos no Município e promover o incentivo ao turismo.
Turismo
O turismo na cidade gira em torno dos hotéis-fazenda e chácaras do município, que se localizam às margens do Lago de Furnas. A represa permite que os visitantes pesquem no lago, existindo diversos pesqueiros espalhados pelo local. Além disso, o maior número de turistas é registrado nos dias de Carnaval. Um grande palco é montado na principal praça da cidade, que fica lotada de foliões durante todos os dias do feriado. Pela noite, é possível continuar no agito na praça ou optar por frequentar os bailes realizados nos salões dos clubes. Os visitantes costumam vir tanto das cidades mineiras próximas a Areado como do estado de São Paulo. No dia 20 de janeiro, é comemorada a festa de São Sebastião, padroeiro do município. Os dias que se seguem ao feriado é marcado por diversas festas religiosas, que incluem barracas de comida e leilões de prendas.

Há mais de 100 anos, Areado (MG) é conhecida na região pela qualidade dos biscoitos produzidos na cidade, e moradores e visitantes podem usufruir da festa do biscoito organizada na cidade. Shows, barraquinhas e uma grande variedade de quitutes fazem parte da programação, que movimenta o comércio e enche os hotéis.

Prefeito
Pedro Francisco da Silva
Telefone
(35)3293-2850
Cep
37140-000
Website
http://www.areado.mg.gov.br/
E-mail
secretaria@areado.mg.gov.br
Endereço
Praça Henrique Vieira, 25

TURISMO

POUSADAS E HOTÉIS

AOS ARREDORES DO LAGO DE FURNAS


HOTEL/POUSADAS
RESTAURANTES
ENTRE EM CONTATO

ACONTECE EM CAPITÓLIO

INSTAGRAM

PARCEIROS